quarta-feira, 31 de julho de 2013

Choro-riso, paixão!

Eu penso e choro o tempo todo.
Não é um choro de tristeza.
É choro de alegria que não tem mais por onde sair e transborda pelos olhos.
É choro de quem chora sorrindo.
Choro de quem sonha acordado e ama dormindo.
É choro que traz para perto as fagulhas de saudade.
É choro-riso... Felicidade!                                               


É um choro bobo que custa ser compreendido.
É lágrima nos olhos e sorriso incontido.
É uma bagunça que não tem explicação.
Deixou no meu rosto um sorriso e levou contigo meu coração.
Tudo bem! O seu cheiro esta em nosso travesseiro.
Acomodo-me nas lembranças do teu olhar faceiro.
E mais uma vez... Choro sorrindo!

Choro sorrindo, sorrio chorando...
Contando os dias no calendário, estou te esperando.
Cada lágrima-riso que cai, irriga a lacuna no meu coração.
Para que a semente do amor fecunde em solo fértil,
E meu choro vire canção.
Adormeço com os olhos molhados e com uma peça de roupa sua nas mãos.

E mais uma vez: Choro e riso... Paixão!

por: Aline Patricia

Nenhum comentário:

Postar um comentário