segunda-feira, 30 de abril de 2012

Provoca-me!

Desperte-me no melhor do meu sono,
Acorde-me em plena madrugada com uma mensagem de texto,
Mude o meu contexto,
Provoca-me...
Acenda-me quando estiver apagada,
Aqueça-me quando o peito estiver frio
E a alma gelada,
Provoca-me...
Produza em mim sensações,
Tire-me do sério, cause reações.
Faça-me rir, chorar, odiar, amar...
Provoca-me...
Porque a vida é um tédio sem suas provocações.
O celular se torna inútil sem suas ligações,
E os dias; são sempre iguais.
Provoca-me!
Faça sentir-me mais viva,
Misture nosso suor e saliva,
Desperta em mim o lado adormecido,
Provoca-me...
Faça dos teus braços o meu aconchego,
Ao som da chuva no telhado
Tira todo o meu sossego e...
Provoca-me!
Bagunça o que estava organizado,
Muda a mobília do meu quarto de lado
De forma que eu não mais consiga organizar.
Provoca-me:
Com teu cheiro na toalha molhada,
Com a peça de roupa esquecida naquela madrugada,
Com as impressões do teu corpo no meu, na roupa de cama já lavada,
Provoca-me...
Pois é bem disto que preciso,
Assim funciona o meu mecanismo,
Eu preciso ser provocada.
Provoca-me!



Por: Aline Patricia