quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Presente (Ciúmes)

Apagaram as luzes da sanidade
Me perdi entre mentiras e verdades
No gosto insosso do ciúmes
Me vejo em uma faca de dois gumes

Não traz para perto o passado
Além de não ser bom, acho isso errado!
O que passou, passou. Não vai mudar,
e despertar esses monstros, só irá nos machucar

Me olhas como criança carente
Se o passado fosse bom, não seria passado, seria presente
Me encanta o que tenho agora
Quero estar contigo, todo dia, a toda hora

O passado já passou, isso não importa
Não guardemos estes monstros por detrás de alguma porta              
Com você tudo é diferente
Se o q passou estivesse bom, não se chamaria passado
Chamaria: Presente!

Então, aquieta-te óh alma
Descansa nos braços q te acalma
Façamos uma história diferente
Onde nunca haja passado,
Seremos sempre o " PRESENTE"
By
:A.P.

Nenhum comentário:

Postar um comentário